Marketing Digital e Contratos - Conheça os 4 pontos importantes para fechar um bom negócio.

O contrato no marketing digital - o que deve ser analisado na hora de fechar um acordo com uma agência de marketing digital?



Contrato no Marketing Digital e os cuidados necessários ao fechar acordo - Daniele Saraiva | Advogada Direito Digital
Contrato no Marketing Digital - Como fazer? Daniele Saraiva

O contrato é uma ferramenta poderosa, que pode ajudar a alavancar a imagem da sua empresa. Ele também é uma peça fundamental que garante o cumprimento das obrigações estipuladas no acordo.


Um contrato bem elaborado visa evitar situações e conflitos desnecessários, que muitas vezes, são frutos de dissonância entre as partes envolvidas, o que pode resultar em prejuízos e despesas judiciais.


Sendo assim, o que pode ser feito para evitar uma situação como essa? É possível evitar esses tipos de confrontos?


Continue lendo o texto e anote as dicas!


1. O CONTRATO E A AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL - A IMPORTÂNCIA DESSE DOCUMENTO PARA O SEU NEGÓCIO


Como fechar uma parceria? Existem técnicas para otimizar as negociações com a agência?

Perceba: a construção de um diálogo claro e objetivo é crucial nesse momento, pois vai ajudar a desenvolver um acordo sólido e capaz de desenvolver uma relação de confiança entre empresas e clientes.


Por exemplo: uma agência de marketing atua com ações estratégicas e direcionadas a um público específico. Ela precisa abordar em seus acordos todas as peculiaridades que a sua natureza requer.


É assim que surge a importância de trabalhar com contratos, pois eles são instrumentos legais que viabilizam a negociação, buscando fortalecer a relação com seus clientes e conquistar excelentes parcerias.


E o que poderá ser trabalhado durante as negociações do acordo?


Tudo o que foi apontado pelas partes como elemento essencial para constar expresso no texto do contrato. Ex: os prazos, a forma do serviço, a mídia social, a frequência das postagens... Tudo deve ser discutido e inserido nas cláusulas.


Sendo assim, é fundamental utilizar um contrato bem elaborado, pois esse documento assegura os direitos de ambas as partes.


Por que preciso de contrato?

1. Detalhar tudo o que foi contratado;

2. Alinhar e gerenciar as expectativas de ambas as partes;

3. Garantir que prazos e valores sejam cumpridos;

4. Esclarecer direitos e obrigações de ambas as partes.


Parece óbvio explanar a importância do contrato, mas muitos não o utilizam por acreditar que ele é muito burocrático, e consequentemente, um possível obstáculo na conquista de clientes.


2. O MOMENTO IDEAL PARA TRABALHAR COM CONTRATOS


Sabemos que o contrato é o documento que assegura o cumprimento das promessas estabelecidas entre as partes, certo?!


Sendo assim, o ideal é inserir o contrato no início dos trabalhos, ou seja, durante as tratativas (negociações) - quando as propostas estão sendo apresentadas e desenvolvidas.


As agências precisam adotar esse documento como parte permanente da empresa. Ele funciona como um programa, que direciona e orienta o trabalho a ser ofertado.


3. TUDO QUE PRECISA ESTÁ NO CONTRATO


Existem pontos que precisam constar no contrato, pois a sua principal função é garantir o cumprimento daquilo que foi acordado, por isso, alguns dados deverão fazer parte do acordo, como:


1. Nomes completos das pessoas envolvidas; também deve ser observado se existem empecilhos quanto à legitimidade das partes. (Ex: maioridade civil);

2. Descrição do tipo contratual. (Ex: o contrato será valor fixo mensal, ou pontual?)

3. Forma (descrever quantidade, publicação e frequência), e prazos (inclusive inserir prazos para aquelas situações que imprevistos - caso fortuito, ou força maior, etc.);

4. Orçamento do projeto (descrever todos os valores);

5. Direitos e obrigações das partes - Agências e contratantes.


4. FAÇA DO CONTRATO A SUA FERRAMENTA DE SUCESSO


O contrato é uma ferramenta que deve ser utilizada para assegurar os direitos das partes, e também, garantir uma relação saudável com os clientes, ele deve observar:


I. Pontos que possam dar margem à ambiguidade - As cláusulas precisam ser claras e objetivas;

II. Os prazos - eles são possíveis? Respeitam as normas?

III. Objeto do contrato - confere com aquilo que foi negociado durante as tratativas?

IV. Direitos Autorais - Quem assume a responsabilidade por eles?


Esses itens são alguns exemplos que precisam ser explorados no acordo. As agências precisam ficar atentas a cada tópico e explorá-los a seu favor.


A realização de assessoria jurídica evitará eventuais reclamações e confrontos com parceiros, colaboradores e clientes.


Proteja a sua empresa e fique atento (a) às necessidades legais do seu negócio.


Dúvidas e informações

Gostou do conteúdo? Você precisa conversar mais comigo sobre esse tema? Eu estou disponível pelo e-mail: adv.danielesaraiva@hotmail.com ou pelo perfil do Instagram @danielesaraivadv

Não se esqueça de deixar seu comentário e curtir clicando no coração. Sua interação é muito importante.

Sobre Daniele Saraiva

Daniele Saraiva é advogada, atua no Direito Digital auxiliando agências, empreendedores e empresas a garantir segurança jurídica e credibilidade nas transações comerciais no digital.

Site: www.danielesaraiva.com








19 visualizações